26/08/2012

Adversário não é Inimigo

Já postei essa frase aqui, mas, dado o ano eleitoral e, dado o comportamento infantil de alguns que teimam em tratar adversário político como inimigo, não custa repeti-la:
"Quando o amigo deixa de sentar com o amigo por causa da política, é porque o país está pronto para a carnificina". Nelson Rodrigues
De minha parte, continuarei respeitando meus amigos como sempre fiz, independentemente de sua ideologia política.
Da mesma forma, exijo que tenham por mim respeito. Exijo respeito não só dos adversários, mas também dos amigos partidários (graças a Deus, poucos deles) que nessas horas sentem-se no direito de julgar com quem você pode ou não pode se relacionar, em nome do que eles entendem por política.
A quem ainda não percebeu, um aviso (se for preciso, faço um desenho): Não me dobro a esse tipo de pensamento.
Findo o processo eleitoral, todos voltaremos a se simples cidadãos da mesma sociedade. Conviveremos em todos os ambientes que frequentamos.
Não cultivemos ódio e intolerância, pois disso o mundo já está cheio e não precisa de mais nenhuma gota sequer.
O mundo precisa é de respeito e civilidade. O mundo precisa é de nosso bom senso.
Sejamos exemplo.
E tenho dito.
- Posted using BlogPress from my iPhone

Um comentário:

Vanessa Barbosa. disse...

A questão é que muitas pessoas hoje não sabem diferenciar adversário de inimigo, basta estar do lado oposto para se tornar inimigo. E o pior, não é só na política.
Ótimo restinho de domingo, beijos.